atirando com estiligue no ecorafting

EcoRafting, uma atividade do turismo de experiência

Já conhece o turismo de experiência? Já ouviu falar em EcoRafting? Os turistas estão sempre a procura de novidades. Mas não basta só conhecer lugares novos e sim viver experiências incríveis e memoráveis. É aí que entra o turismo de experiência, onde os participantes não são apenas meros espectadores, eles participam e interagem com as atividades, levando para casa memórias de momentos incríveis que jamais serão esquecidos.

Nada como conhecer e vivenciar os costumes, a cultura e a gastronomia dos locais visitados. Até mesmo locais já visitados anteriormente ganham outros olhares e emoções ao agregar diferentes atividades e sentimentos.

O turismo de experiência proporciona uma interação entre o turista e o local que está sendo visitado. O EcoRafting é uma das opções para quem busca esse tipo de vivência inesquecível. É uma atividade que combina esporte de aventura e semeadura de vegetação nativa, que além da adrenalina do Rafting traz um despertar para uma maior consciência e preservação ambiental.

turismo de experiencia

O EcoRafting é uma das 16 opções de atividades que fazem parte do projeto Turismo de Experiência: Santa Catarina em Todos os Sentidos, que tem como missão salientar a importância da preservação ambiental proporcionando uma experiência prática.

Uma oficina é oferecida aos turistas que participarão da atividade do EcoRafting, onde aprendem sobre o ecossistema local, fauna e flora, visando a identificação das espécies nativas durante o percurso do rafting, que é realizado pela Apuama na Serra do Tabuleiro, em Santo Amaro da Imperatriz – SC.

participantes fazendo munições para o ecorafting

A atividade começa com a confecção de “munição”, que é composta de barro e sementes de árvores nativas da Mata Atlântica. Depois é hora de descer as corredeiras e participar das atividades e emoções que o rafting proporciona. Quase no final do trajeto há uma parada estratégica que é feita para que as munições sejam arremessadas pelos participantes, com o uso de estilingues, do interior dos botes de rafting em direção às margens do rio para semeadura e reparação da mata ciliar. Dessa forma, novas plantas e árvores surgirão com o tempo nos locais onde as sementes foram arremessadas.

Além de toda a adrenalina e emoção que o rafting proporciona, tem todo o lado de preservação da natureza e conscientização.

Não é necessário experiência e conhecimento prévio para participar da atividade. Crianças e adultos saudáveis estão aptos a vivenciar o EcoRafting.

Confira algumas matérias de alguns participantes da atividade: Graziela Bastos (Intrip), Marola com Carambola, Destino mundo afora, Revista Evidência.

Ficou interessado em participar ou indicar para alguém? Saiba mais sobre a atividade e entre em contato!

 

rapel

Tudo sobre Rapel e dica de roteiro

Hoje vamos falar um pouco sobre mais um esporte de aventura, o rapel. A modalidade consiste em uma descida vertical com o auxílio de alguns equipamentos, principalmente a corda. Geralmente praticado em montanhas, cachoeiras e em contato com a natureza. A palavra rapel vem da língua francesa e significa “chamar” ou “recuperar”, sendo utilizada inicialmente para descrever a descida por cordas praticada em atividades como montanhismo, escalada e canyoning.

O rapel não é só uma atividade de aventura, a prática também é utilizada por pesquisadores e espeleólogos para descer em cavernas profundas e por bombeiros para o resgate e salvamento de vítimas.

Está curioso para se aventurar no rapel? É iniciante na atividade? Então vem conhecer um pouco mais sobre esta modalidade:

equipamentos de rapel

Principais equipamentos

Os equipamentos indispensáveis para a prática do rapel são:

  • corda – deve ser estática e suportar pesos acima de 1 tonelada. O tamanho varia de acordo com o local onde vai ser feita a atividade e a espessura deve ser maior que 11mm se for usada de forma simples.
  • bouldrier – conjunto de fitas que fica na cintura e nas pernas formando uma cadeirinha. Ela é ligada a corda através do freio.
  • freio oito – equipamento a base de titânio que possui a forma de um número 8. É por onde a corda passa e faz atrito, tornando possível o controle da descida pelo praticante.
  • mosquetão – prende o oito a cadeirinha e também é utilizado para prender as cordas aos grampos ou outros locais de ancoragem. É feito de titânio (alguns suportam pesos acima de 3 toneladas) possuindo diferentes modelos e formas (com ou sem trava).
  • capacete – protege o praticante em caso de escorregões ou pedras que podem se desprender e cair acidentalmente.
  • luvas – protegem as mãos durante a atividade, evitando machucados e queimaduras, além de facilitarem o controle da descida.
  • anel de fita – são fitas muito resistentes utilizadas para prender a corda em grampos, árvores ou qualquer outro ponto de fixação. Também protege a corda contra possíveis desgastes.

Quem pode praticar?

O rapel é fácil de ser praticado, porém é extremamente necessário que você esteja junto de um guia qualificado para garantir a sua segurança durante todo a atividade. Dependendo de onde será realizado, crianças a partir dos 6 anos, já podem participar.

Como é uma atividade que envolve adrenalina, é contra indicado para pessoas que tenham problema no coração. Também é contra indicado para pessoas com limitações de movimento.

Portanto, obedecendo aos critérios anteriores, estando em boa condição física e de saúde e não tendo problema com altura, você pode praticar o rapel.

Estilos da prática 

  • Inclinado – é o mais fácil de ser executado, sendo feito em uma parede ou pedra que possua menos de 90º de inclinação.
  • Vertical – a principal diferença da pratica anterior é na saída, onde dependendo do ponto de fixação da corda, é possível ter um alto nível de força no bouldrier por conta da passagem do plano horizontal para o vertical.
  • Negativo – é praticado sem o contato dos membros inferiores com qualquer tipo de  superfície como pedra ou parede. A saída é quase de cabeça para baixo, com uma velocidade de descida que aumenta rapidamente.
  • Invertido negativo – este sim assume uma posição invertida (de cabeça para baixo) após a saída.
  • Frente inclinada – possui as mesmas condições que o inclinado só que de frente para a decida.
  • Rapel de cachoeira/canyoning – é muito comum, podendo ser utilizados diversos tipos de descidas. É preciso ter muito cuidado pois você estará lidando com pedras escorregadias e cachoeiras que podem ter muita pressão de queda d’água.
  • Intercalado – A descida é realizada através de escalas, com descidas que podem incluir diferentes estilos. A descida é feita com a corda dobrada e presa em pelo menos mais um ponto de fixação (com no mínimo 3 m antes do final da corda).

rapel em cachoeira

Algumas dicas:

  • contratar uma agência especializada é fundamental para uma experiência segura e divertidas. Pesquise bem antes de escolher;
  • os equipamentos utilizados devem estar sempre em boas condições e ser de marcas e procedência. Também devem passar por manutenções constantes;
  • opte por um tênis com bastante aderência para prática da atividade;
  • o uso de calça ou bermuda será determinado pelo local onde o rapel será praticado;
  • mantenha-se hidratado, bebendo água até a chegada do local da descida;
  • use protetor solar;

Benefícios

Entre os diversos benefícios da prática do rapel podemos destacar o controle da ansiedade, aumento da força muscular e melhora da condição motora e redução do stress.

homens rapel cachoeira

Agora que você já sabe mais sobre o rapel, que tal uma dica de local para pratica? A imagem acima mostra o rapel na Cachoeira da Ressurreição, com 35 m de altura, em meio a Mata Atlântica preservada, na região de Águas Mornas-SC.

O acesso até a cachoeira é feito em 10 minutos de caminhada. A atividade pode ser feita por iniciantes na prática, com pelo menos 12 anos de idade, que pesem no máximo 120 kg e que não possuam problemas cardíacos e dificuldades de locomoção. Pessoas com deficiência visual ou auditiva estão aptas a participar da aventura!

O roteiro tem 3 h de duração (a descida da cachoeira leva em torno de 30 minutos), com saídas as 8h30 ou 13h, saiba mais.

 

 

 

 

programa de orientacao vocacional

Programa de orientação vocacional ao ar livre

Você sabe o que é o programa de orientação vocacional? Muitos jovens tem dificuldade em decidir qual curso fazer em uma faculdade ou qual será sua futura profissão. Quando os jovens chegam ao ensino médio começa toda uma preparação para o vestibular, sua escolha e decisões sobre o seu futuro profissional.

A pressão é grande, alguns já tem bem definidos o que querem fazer, muitos tem dúvidas entre algumas possibilidades e outros não fazem nem ideia. É aí que entra a orientação vocacional. Seu objetivo é ajudar os jovens (ou até os não tão jovens assim, mas que querem mudar de área), na busca de um horizonte profissional.

Como é feita a Orientação Vocacional?

Através de testes, questionários e estrevistas são identificados os talentos e interesses de cada pessoa, e então são sugeridos os cursos que mais se encaixam com o perfil de cada um. É uma ajuda na busca do autoconhecimento. Não existe resposta certa nem uma profissão específica e sim algumas sugestões e caminhos para que a pessoa tome a decisão final, mas com base no que foi visto durante a orientação.

Os programas de orientação profissional podem ser feitos nas escolas ou de forma particular ou em grupo.

Programa de Orientação Vocacional ao ar livre – POVA

parede de escalada

O POVA é um programa de Orientação Vocacional feito pela Apuama e voltado para o autoconhecimento. O trabalho é feito com adolescentes a fim de auxiliá-los na compreensão do seu Eu mais profundo e fazendo com que sejam descobertas suas potencialidades e afinidades, tanto com relação ao seu projeto de vida como um todo como também na escolha da sua opção profissional.

A metodologia é diferente dos testes vocacionais corriqueiros. Na Orientação Vocacional ao ar livre o jovem participará de atividades de aventura, que de uma forma descontraída ajudarão a desenvolver suas capacidades e habilidades. A essência da aventura está diretamente ligada a aprendizagem e a superação de habilidades próprias.

As atividades ao ar livre podem ser feitas tanto no solo como no alto, desde algo em um simples gramado até trilhas, paredes e escalada e rafiting, em ambientes com árvores, montanha… cercado de natureza.

Tudo é muito seguro, feito com todo o esquipamento necessário e equipe especializada tanto para orientar e tornar as atividades seguras como para encorajar o processo de autoconhecimento de cada participante. Todos são direcionados a participar de todas as atividades propostas, ousar, criar elos e atuar sobre a integração do grupo.

-> Metodologia do programa

arvorismo

Utilizamos a metodologia “learning by doing” (aprenda fazendo) na qual em um círculo ininterrupto de experiência-reflexão-transferência estabelece-se o aprendizado disponibilizando-o para a aplicação prática no dia-a-dia.

Os participantes vivem uma experiência única onde aprendem sozinhos durante as atividades as suas competências e habilidades. As atividades ajudam a superar desafios pessoais e em grupo que fazem parte de uma jornada de aprendizagem.

Após cada atividade realizada, há uma reflexão sobre o que foi feito e o resultado alcançado, fazendo com que os participantes percebam sozinhos suas competências e possibilidades de desenvolvimento. Através do aprendizado experiencial a retenção do conteúdo é facilitada, tornando o aprendizado mais duradouro.

Quer saber mais sobre o Programa de Orientação Vocacional ao ar livre? Entre em contato!  

rafting rio cubatao

Aventura! Rafting no Rio Cubatão

Gosta de rafting? Nunca fez e está pensando em se aventurar? Hoje vamos falar um pouco mais sobre o rafting no Rio Cubatão e mostrar alguns depoimentos de clientes que contaram um pouco sobre suas experiências com a gente.

Para quem não sabe, o rafting nada mais é do que a descer rios e corredeiras utilizando botes infláveis, remos e equipamentos de segurança. É uma ótima opção de passeio para fazer em família, com amigos e até com a equipe de trabalho, trazendo muitos benefícios e desenvolvendo habilidades como liderança, união e trabalho em equipe.

rafting rio cubatao

O Rio Cubatão está localizado na Grande Florianópolis, em Santo Amaro da Imperatriz. Possui água limpa e transparente, além de ser cercado por mata ciliar impecável. Ótimo para uma aventura em meio a natureza.

O passeio é todo feito junto com um guia especializado e experiente, tornando a atividade segura e divertida ao mesmo tempo. São vários níveis de dificuldade, partindo no primeiro, o Classe I para iniciantes, até a Classe V, nível avançado para perfis mais radicais e pessoas mais experientes na prática.

Tudo começa com um treinamento, já com o equipamento de segurança (coletes salva-vidas e capacetes) e depois os participantes partem para a água para começar a aventura que inclui muitas remadas, mergulho, adrenalina e diversão!

É importante mencionar que crianças a partir de 8 anos, adultos e idosos acompanhados de instrutores são bem vindos a praticar o rafting. As restrições aplicam-se a menores de 8 anos, cardíacos, gestantes e pessoas com problemas acentuados de coluna.

rafting rio cubatao

E agora que você já sabe um pouco mais sobre o rafting no Rio Cubatão, que tal ler alguns depoimentos de clientes que gostaram muito dessa experiência? Nada melhor do que ler a experiência de outros praticantes. Abaixo você encontra os depoimentos mais recentes de clientes e suas experiências com o Rafting da Apuama. E tem muito mais na nossa fanpage do Facebook!

“Equipe nota 10 em atendimento e entretenimento. Diversão garantida!” Andrea Winning – Mar/2018

“Nossa família fez Rafting dia 08/02/18. SENSACIONAL! Pessoal super profissional. Denis foi nosso guia atendendo todas as expectativas nos dando segurança em todo o trajeto. Com certeza repetiremos a dose!!! Obrigado !” Edson Costa – Fev/2018

“Atendimento impecável desde o primeiro contato por telefone. Foi o meu primeiro, e deu tudo super certo. Fomos em 10 pessoas e nos divertimos muito. O instrutor que estava conosco , Coli, é uma diversão a parte, muito responsável e também muito divertido. Super recomendo”. Néria Mota – Jan/2018

“Passeio maravilhoso, divertido, seguro. A equipe é muito atenciosa e prestativa, em especial nosso guia, Denis. Farei outro passeio em breve”. Bruno Bortoli – Jan/2018

“Excelente! Equipe ótima e adrenalina total!! Denis Miranda arrasou!!! Melhor instrutor!”  Mateus Espindola de Castro – Jan/2018

“Simplesmente maravilhoso!! Galera show do Apuama, em especial o guia Rafa que foi super atencioso, nos levou com a maior segurança e a td momento nos explicava o que ia acontecer e o que devíamos fazer. Fomos em 5 pessoas, sendo uma criança de 8 anos, e para tds foi a primeira vez no Rafting. Profissionais bem preparados, ótima estrutura e mta segurança. Já estamos pensando em voltar…” Marley Cristina – Jan/2018

“Super recomendo!!! Foi minha primeira vez no rafting, mas já saí querendo marcar a próxima. Foi muuuito divertido! Obrigada Apuama, pela estrutura e equipe maravilhosa. Em especial nosso guia Denis, pelo profissionalismo, bom humor, e simpatia.
#EquipeBebezão” Beatriz Callegari/ Jan2018

“Tudo bom demais. Visual do rio muito lindo, natureza exuberante, equipe toda super capacitada e receptiva em especial o instrutor Denis que nos guiou maravilhosamente bem. Super indico pra todos”.

“Simplesmente fantásticos!!!! GOSTEI muito da segurança, da dinâmica em que as coisas acontecem no Rafting( nosso guia do bote, ele é top, animando a galera o tempo inteiro) Denis, se não me engano!! Parabéns galera da vibe boa!!! E ano que vem voltaremos”. Talita Santos – Nov/2017

Já fez rafting no Rio Cubatão com a Apuama? Avalie também a sua experiência! Isso ajuda muito a motivar a equipe e melhorar ainda mais os nossos serviços. 😉

 

treinamento empresarial apuama

Programa de Treinamento Empresarial Apuama

Já pensou em proporcionar uma experiência única para os seus colaboradores através de um programa de treinamento empresarial ao ar livre?

Os programas de treinamento empresarial em ambientes ao ar livre começaram a ficar conhecidos durante a década de 90, depois de muitas empresas fecharem as portas devido a crise vigente. O TEAL (Treinamento Vivencial Outdoor Training) então surgiu como uma nova perspectiva para os empresários da época. A metodologia foi adotada gradativamente por várias empresas e outras tantas adaptaram a seu modo.

Durante o treinamento empresarial são explorados temas como trabalho em equipe, liderança, cooperação, criatividade, coaching, planejamento, negociação, quebra de paradigmas ou simplesmente momentos de lazer descontraídos que contribuem para o desenvolvimento humano e profissional.

As atividades são feitas ao ar livre e podem incluir rappel, rafting, caminhadas, arvorismo, paintball, entre outros.

A Apuama também possui um programa deste tipo que é chamado de “Programa de Treinamento Experencial Empresarial“, conheça:

treinamento empresarial apuama

Objetivos

O programa empresarial tem como intenção promover o desenvolvimento pessoal e profissional dos participantes através de atividades de aventura que exigem tomada de decisão e ação para realização de tarefas e objetivos. São desenvolvidos conceitos e habilidades empresariais, pessoais e coletivas, tais como criatividade, liderança, motivação, superação, integração e espírito de equipe.

Para quem se destina?

O programa pode ser realizado por empresas a partir de 8 colaboradores. Qualquer empresa que queira uma maior integração e motivação de seus colaboradores é bem vinda a participar do programa.

Como funciona?

Os objetivos são adequados de acordo com às necessidades e características de cada empresa e/ou instituição, mantendo o compromisso com a segurança.

São realizadas atividades ao ar livre que podem ser classificadas como atividades no solo ou atividades no alto, fazendo uso de diferentes locais de aplicação que vão desde um simples gramado até ambientes como trilhas, árvores, montanhas, paredes de escalada, rafting, entre outras.

  • Etapas
  1. Levantamento das Necessidades junto à Empresa;
  2. Planejamento das Atividades;
  3. Execução das Atividades;
  4. Avaliação dos Resultados.
  • Avaliação dos resultados
  1. Avaliação de Reação;
  2. Avaliação Comportamental;
  3. Avaliação do Retorno sobre o Investimento (ROI).

rafting empresarial apuama

Rafting Empresarial

É uma das atividades experienciais ao ar livre mais estimulantes e memoráveis. Os grupos são fechados conforme o número de funcionários da empresa. O rafting consiste em descer corredeiras a bordo de botes infláveis, utilizando remos e fazendo uso de equipamentos de segurança como capacetes e coletes salva-vidas. Instrutores especializados dão as direções e cuidam da segurança durante todo o trajeto. Facilitadores especializados também acompanham criando dinâmicas para a construção de aprendizados.

As atividades e dinâmicas realizadas estimulam o participante a viver novas experiências, superar limites emocionais e físicos, a partir de sensações e reflexões dirigidas, melhorando sua qualidade de vida tanto pessoal quanto no ambiente de trabalho.

Learning by doing

A metodologia de treinamento ao ar livre tem como fundamento a experiência de aprender fazendo (“learning by doing“), no qual estabelece-se o aprendizado através de um círculo ininterrupto de experiência-reflexão-transferência, disponibilizando-o para a aplicação prática no dia-a-dia.

As atividades funcionam tanto como ambientação para aprendizagem quanto para desafios pessoais e em grupo a serem superados como parte do processo de aprendizagem. Os participantes poderão vivenciar uma experiência única, na qual pode perceber o quanto utiliza, na prática, suas competências.

Segurança é essencial

A Apuama acredita que a busca pelo aprendizado através da superação de um desafio, somente é possível quando a equipe e seus equipamentos transmitem confiança e segurança aos participantes. Utilizamos equipamentos de confiança e alta qualidade, com especificações técnicas de segurança dentro das normas de SGS (sistema de gestão de segurança), além de equipamentos certificados pelo Inmetro e uma equipe com pleno conhecimento do funcionamento dos equipamentos e compreensão técnica da instalação da atividade.

Como contratar o serviço?

Para mais informações ou para contratar o programa de Treinamento Empresarial da Apuama, entre em contrato através do nosso formulário, ou pelo WhatsApp: (48) 99103- 6730.

rafting rio cubatao

Turismo de aventura em Santa Catarina

O turismo de aventura é procurado por cada vez mais pessoas em todo o mundo. O Brasil oferece condições naturais favoráveis e várias opções de rotas, sendo considerado um dos principais destinos turísticos para aventura e ecoturismo no mundo.

É perigoso?

Muitas pessoas não conhecem muito sobre o turismo de aventura, alguns acham que ele envolve atividades perigosas, mas não é nada disso. Trata-se de uma experiência que envolve desafios e sensações incríveis como superação e liberdade que só podem ser explicados por quem realmente já praticou uma das atividades. Existem empresas especializadas em realizar o turismo de aventura, contando com profissionais experientes e capacitados para garantir aventura, mas com total segurança. 

Quem pode praticar?

Existem opções de atividade para todas as idades, que incluem práticas como o arvorismo, boia cross, canionismo, rafting, trekking, tirolesa, vôo livre, entre outras. A faixa etária indicada para a prática variam conforme a atividade e o local, por isso, é importante se informar antes de escolher uma das opções.

Onde praticar turismo de aventura em Santa Catarina?

Santa Catarina e sua natureza privilegiada são um convite a prática de atividades ao ar livre, e há diversas opções de turismo de aventura no estado durante todo o ano. Que tal conhecer algumas opções?

instrutor e criança praticando arvorismo

Arvorismo

É uma trilha suspensa sobre árvores, onde o praticante percorre um trajeto específico, com equipamentos de segurança e acompanhado de profissional capacitado. As crianças (a partir de 1,10m e 25kg) também podem participar e se divertir!

Veja opções de percursos curto e completo em Santo Amaro da Imperatriz, cerca de 50min de carro do centro de Florianópolis.

bote de rafting no rio cubatao

Rafting

Participe de várias descidas de rios em corredeiras utilizando botes infláveis, remos e equipamentos de segurança, sendo guiados por instrutor especializado e responsável pela orientação do grupo durante a atividade. Há um treinamento antes de entrar no rio com instruções de como praticar a atividade e alertas sobre segurança.

Vale mencionar que além de ser um esporte de aventura, sua prática desenvolve habilidades que incluem liderança, união e trabalho em equipe. É uma ótima opção para integrar equipes de trabalho, como também praticar com familiares e amigos.

Existem vários níveis de adrenalina e dificuldade que podem ser praticados no Rio Cubatão, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça. Existem opções de atividades como iniciante (podem participar crianças a partir de 8 anos, adultos e idosos), aventura e até opção de expedição ao cânion preto (opção mais longa e com corredeiras mais desafiadoras).

duas pessoas praticando rapel em cachoeira

Rapel 

Aventure-se descendo cachoeiras através de cordas e outros equipamentos de segurança.

Uma ótima opção é feita na Cachoeira da Ressureição, no município de Águas mornas. São 35 metros de altura, em meio a Mata Atlântica preservada. Para chegar até a cachoeira, há uma pequena caminhada que dura em torno de 10 minutos. Não precisa de experiência para praticar. Podem participar crianças a partir de 12 anos, adultos (peso máximo de 120kg e que não possuam dificuldades de locomoção), além de deficientes visuais e auditivos.

voo de parapente

Vôo livre de parapente

É um opção de esporte radical que utiliza o parapente como equipamento para voar. Para decolar, é feito um salto a partir do alto de uma montanha, e então as correntes de vento impulsionam o parapente durante o trajeto até a aterrisagem.

Um guia salta junto com o participante. Pessoa que gostem de altura e estejam em bom estado de saúde podem se aventurar. Vale lembrar que a prática depende das condições climáticas .

Algumas das opções de vôos de parapente são feitas no Morro do Queimado (visão do litoral e Serra Geral de Santa Catarina), em Santo Amaro da Imperatriz ou em rampas na Praia Mole ou Praia Brava, em Florianópolis.

Gostaram de conhecer um pouco mais sobre as opções de turismo de aventura em Santa Catarina? Esperamos que sim 😉